Área de Interesse

A maior parte da minha pesquisa tem como foco a transparência. Sou apaixonado por esta área porque a divulgação e o compartilhamento de informações de qualidade são capazes de melhorar a comunicação, a coordenação, a cooperação, a capacitação institucional e a prestação de contas. A ONG Artigo 19 chama a transparência de “o oxigênio da democracia”, mas este axioma pode ser estendido para o setor privado e para outras áreas da interação humana.

Estudar transparência remete ao meu histórico interdisciplinar e a quem eu sou – uma pessoa objetiva, sincera (e, vez ou outra, excessivamente franca). Isso também parece ser uma vocação de carreira: quando estava na universidade, era dono e gerente de um negócio de limpeza de janelas (Squeaky Clean), então a transparência me manteve no ramo da limpeza de janelas, figurativamente falando. Além disso, meu pai e minha mãe eram donos de suas próprias firmas de marketing e propaganda, e eu compartilho suas obsessões pela revelação e pela publicidade, mesmo que do outro lado.

As questões que levanto sobre transparência são variadas: como boas políticas de transparência se concretizam? Até que medida os agentes estão cumprindo com essas medidas? E qual é a melhor maneira de avaliarmos a operação das políticas de transparência? Minha pesquisa e meus projetos se expandem pelos horizontes da política comparada, da administração pública e de empresas, das relações internacionais, da comunicação política e dos métodos aplicados.

Meu interesse em transparência também é extensivo a temas de relevância política, como a desigualdade de pagamento no serviço público (particularmente prejudicial para os burocratas de baixo escalão nos países em desenvolvimento), a influência governamental na cobertura midiática, a regulamentação do lobbying, a proximidade entre o cidadão e o legislador e o grau de representatividade dos governos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *